segunda-feira, 28 de abril de 2008

Os nossos desenhos


Guilherme Santos

Esta semana também falámos sobre o 25 de Abril, uma revolução de cravos, uma revolução que era inadiável e que foi deveras importante para a democracia que temos hoje. Para nós é muito difícil imaginar como seria viver numa ditadura - como lhe chamam todos os adultos com que falamos sobre isso. Mas aqui ficam alguns desenhos que fizemos imaginando como seria uma revolução assim...



Afonso Pereira

7 comentários:

Anónimo disse...

Quando se deu a revolução do 25 de Abril, eu já tinha 18 anos e já trabalhava, mas ainda não como professora.
Antigamente, nem todos podiam estudar e tirar cursos superiores. Tinhamos de começar a trabalhar cedo, para ajudar as nossas famílias.
A revolução apanhou-me na rua, a caminho do trabalho, que ficava em Belém (Lisboa), na zona dos quartéis.
Por causa da revolução não havia transportes, pelo que fui até ao trabalho a pé e, fui vendo os tanques de guerra e os soldados espalhados por várias ruas de Lisboa.
As pessoas, apesar de receosas, estavam felizes...
Eu, como adolescente inconsciente, não sabia bem o que pensar, mas tudo aquilo me parecia uma festa.

Professora Maria Joaquina

Educ.Ana disse...

Olá amiguinhos!Só agora me é possível dar-vos os meus parabéns pelo vosso blog. Está fantástico,continuem a partilhar o vosso trabalho. Deve ser muito bom estar na sala das girafas...
Sabem que nós no J.I.também falámos no 25 de Abril.Vamos enviar por mail um pequeno trabalho para vocês verem.
Beijinhos para todos e também para a professora Sofia.

Anónimo disse...

Professora Ana Sofia, o vosso blog está muito fixe!

Anónimo disse...

QNós somos os alunos da professora Joaquina e viemos ver o vosso blog e adoramos imensso.

Anónimo disse...

Os vossos desenhos sao muito giros
e nem me deram um. Eu também quero um animal de estimaçao!
Os vossos desenhos sao um espectáculo!

Do amigo dinaussaro: Fernando

Anónimo disse...

Que desenhos mais bonitos.

beijocas de uma patinha:Rita Lopes

Anónimo disse...

E ia fazer 4 anos quando se deu a revolução do 25 de Abril, ainda era uma menina muito pequena.
No entanto tenho uma vaga ideia de ver na rua soldados e algumas flores vermelhas. Só mais tarde soube o que aconteceu nesse dia tão importante.
Hoje já sou bem mais crescida e fico muito satisfeita de ver que o meu filho e os outros meninos têm uma ideia do que foi essa revolução. Parabéns pelos desenhos que nos mostram bem o que se passou nesse dia. Uma imagem vale mais que 1000 palavras.
Beijinhos da mãe Graça Pereira